uro_imagem_ejaculacao_precoce

Ejaculação Precoce

O assunto ainda é tabu. Controlar a ejaculação, a fim de prolongar o tempo da relação é desejo da maioria dos homens. A ejaculação precoce acontece, de forma persistente, com o mínimo de estimulo ou logo após a penetração, antes do momento desejado. A ejaculação precoce é um distúrbio ligado à ansiedade e a possíveis problemas emocionais, sendo mais comum entre os jovens, no entanto, pode ocorrer em homens de qualquer idade. Pode atingir os mais jovens talvez pela falta de maturidade emocional, porém homens que já tiveram tempo normal de ejaculação podem, no decorrer da vida, tornaram-se mais ansiosos e ter a Ejaculação Precoce.

Estudos indicam que o número de brasileiros que apresentam ejaculação precoce é mais de:

25%

O que muitos podem estar se perguntado é: O que exatamente caracteriza ejaculação precoce?

Para ser considerada precoce ou rápida a ejaculação deve ocorrer de forma persistente quando se tem pouco ou nenhum estímulo ou quando há ejaculação imediatamente após a penetração. É preciso que o episódio ocorra com frequência e o homem não consiga satisfazer a parceira em pelo menos 50% das relações. O diagnóstico é clínico e depende do levantamento criterioso do histórico do paciente

O tratamento mais comum é através de psicoterapia, prescrição de antidepressivos ou associação dos dois. É importante procurar ajuda médica para tratar, já que, caso contrário, o paciente poderá desenvolver problemas de ereção.