uro_imagem_cancer_de_testiculo

Câncer de Testiculo

O câncer no testículo é uma doença relativamente rara se comparada aos tumores de próstata por exemplo, porém ao contrário deste acomete homens em idade reprodutiva, entre 15 e 50 anos. Apesar de agressivo é facilmente curado quando detectado precocemente. A incidência no Brasil do câncer de testículo é de 2,2 casos a cada 100 mil homens.

Mas o que são os testículos?

Os testículos fazem parte do órgão reprodutivo masculino e são responsáveis pela produção dos espermatozoides. O câncer de testículo é um tumor menos frequente, mas com o agravante de ter maior incidência em pessoas jovens em idade produtiva. A criptorquidia (testículo que não desce para a bolsa escrotal) é um fator importante que influi no aparecimento deste tipo de tumor.

Para prevenção recomendam-se a realização do auto exame dos testículos mensalmente e, ao perceber, algum nódulo duro, geralmente indolor medindo mais ou menos o tamanho de uma ervilha procurar um médico. Outros sintomas podem indicar a necessidade de procurar uma consulta com especialista para verificação, como por exemplo: Alterações como aumento ou diminuição no tamanho dos testículos, dores na parte inferior do abdômen, sangue na urina e aumento da sensibilidade nos mamilos. Outro fator preventivo fundamental se consultar com o Urologista pelo menos uma vez ao ano.

O tratamento é cirúrgico. Com abertura do testículo, retira-se material para biópsia, feita já no momento da cirurgia. Caso o resultado seja positivo para câncer o testículo é retirado, lembrando que não há nenhum prejuízo para a função sexual ou reprodutiva do homem se o outro testículo estiver saudável.